Mass Effect Saga: Synthesis

Olá soldados da Via Láctea!

Atendendo uma solicitação do companheiro Stephan Martins, editor do Jovem Nerd News e fã de nossa adaptação de Mass Effect Saga, trago algumas ideias para trabalhar um dos finais apresentamos em Mass Effect 3 em suas campanhas.

As sugestões a seguir são uma primeira versão do material maior que apresentaremos no Mass Effect Saga: Heroes of the Last Days, contendo sugestões de campanhas de como terminar suas campanhas ou como continuar após os eventos do game.

Então se você não quer ter spoilers, deixe para ler esse artigo após fechar a terceira parte da aventura do Comandante Shepard. Se é que ainda tem alguém que não jogou ou não foi espoilerado…

Salto da fé

A proposta aqui imagina o que mudaria no cenário de Mass Effect Saga após a escolha da síntese, onde haveria uma alteração na matriz da vida, integrando elementos orgânicos e sintéticos e reescrevendo a própria composição de DNA de cada criatura viva da galáxia.

Star Child, o Catalista

Para isso, é importante tentar entender que é a síntese. Segundo o Catalyst, sabemos que “orgânicos buscam a perfeição através da tecnologia. Sintéticos buscam a perfeição através da compreensão. Orgânicos serão aperfeiçoados através da plena integração com a tecnologia sintética. Sintéticos, por sua vez, irão finalmente ter uma compreensão completa de orgânicos”. E ele ainda informa que “os Reapers cessarão sua colheita e que as civilizações preservadas em suas formas serão ligadas a todos”.

É interessante de notar é que ambos os tipos de vida são alterados mas as espécies ainda manterão suas particularidades. Os quarians, por exemplo, talvez levem vários anos para se libertar de seus trajes de proteção caso não contem com o auxílio dos geth.

Além disso, os Repears se tornam livres da programação da colheita, dando início a uma nova era de cooperação e crescimento, compartilhando conhecimento dos ciclos passados. De fato, parece que a síntese é capaz de devolver a identidade de husks de forma semelhante ao que aconteceu com os Awakened Collectors (apresentados em Mass Effect Saga: From Ashes).

Paz é legal e tal, mas será que rola um implante de pele?
Paz é legal e tal, mas será que rola um implante de pele?

Template: Synthesis

Mas afinal, o que mudaria na prática? Como vemos, a nova matriz da vida alteraria significativamente a forma que orgânicos e sintéticos se relacionam, mas a divisão ainda existiria, ficando apenas mais próximos.

EDI está viva - e ela tem um plano!

Neste cenário, aplique a todas as criaturas o template Synthesis. Seres sintéticos se tornam realmente vivos, podendo recuperar hit points e conditions naturalmente (Saga Edition, p. 148). De forma semelhante, orgânicos são finalmente integrados à tecnologia, podendo adotar implantes e melhoramentos técnicos sem chance de rejeição ou efeitos adversos. Além disso, seres orgânicos podem reprogramar conhecimentos da mesma forma que sintéticos (Saga Edition, p. 192).

É possível que um dia a linha que separa sintéticos e orgânicos desapareça, e até mesmo a mortalidade possa ser superada. Mas se nem mesmo a EDI viva consegue imaginar esse nível de existência, não será neste artigo que conseguiremos 🙂

Até a próxima!