datacron02_destaques

Datacron: Episódio 2

Datacron02_640x480

DM Rafael, Marcelo Skywalker, Jair Filho, Metalgeisha, Beto Chopper e Fernando se reúnem no segundo Datacron para analisar o filme Ataque dos Clones, suas falhas e boas intenções.

Fale conosco!
Acesse a Terceira Terra
holocast@terceiraterra.com
@holocastsw
Facebook do Holocast
Acesse o Jedicenter
Facebook do Jedicenter

Dúvidas de Star Wars:
http://ask.fm/holocast

Todos os efeitos sonoros de Star Wars foram feitos a partir do Star Wars Soundboard e com colaboração do Universo Star Wars.

  • Diogo Rocha (Capt Rocdi)

    Achei pessimo o Heir to the Jedi. Quase pedi meu dinheiro de volta pra amazon hahaha O proximo que vou comprar é o Lords of the Sith.

    Porra, o epII é bem legal. Pra mim, só o epI que ta fora da curva de qualidade, os outros 5 são otimos filmes de se ver. E eu nao tenho essa birra com o Hayden pela atuaçao, achei que ficou original o suficiente pra parecer um personagem. Que nem o Steven Amell no Arrow, no começo achei a atuaçao dele bem zuada, mas agora ja acostumei e o esse é o jeito do Oliver Queen.

    A verdade é que eu odeio ficar criticando algo que eu gosto. Só abro exceção pra A Ameaça Fantasma. O outros 5 filmes pra mim sao sagrados.

    • Ok, só acho que há um………………………………………………………………………………….abismo entre a atuação do Hayden e do Stephen Amell. Tanto no que se refere ao roteiro quanto na parte física.

      • Lucas Filipe (Lightkiller)

        O Hayden é forçado e o Amell é esforçado.

        • Eu não diria melhor 🙂

          • Diogo Rocha (Capt Rocdi)

            Pra mim os dois estao no mesmo nivel, o nivel que da pra perceber que a atuação nao está natural o suficiente. E eu ainda acho o Hayden mais natural do que o Amell todo durao travado hahaha

          • Talvez o Amell seja limitado, não vi o bastante dele para julgar. Mas essas características são do personagem. Se é uma limitação do ator, que bom que casou perfeitamente no papel.

          • Ao contrário do Anakin.

          • Diogo Rocha (Capt Rocdi)

            Eu acho que Hayden casou perfeitamente com o anakin. assim como o amell com o arrow. O anakin do epII é um muleque que se acha o pica das galaxias. E, por mais que a maioria critique, acho que ficou boa a atuaçao. E no EpIII, aí ele mitou. Achei que ficou muito boa.

            As unicas cenas do hayden que ficam meio sem graças sao as com a padmé. Pq a natalie achei sem graça em todos os filmes. Até no TCW ela é chata hahaha A unica cena top dos dois é a de Mustafar.

            Mas fora as cenas ani-pad, o resto ta otimo pra mim.

  • Lucas Filipe (Lightkiller)

    O Episódio II é o filme que na minha opinião é o mais interessante da nova trilogia, mesmo não tendo aquela cena que seja realmente empolgante ele apresenta as bases para justificar essa nova leva de filmes.

    O Episódio II foi o menos previsível em relação aos episódios I e III. Os fans já tinham uma noção da história do I e do III, mas o II tinha o dever de apresentar novos elementos políticos e dar alguns pontos de Lado Negro para o Anakin.

    Como ficaram falando que o Anakin era o chosen one ele cresceu e ficou arrogante(adolescente) além de ser um babaca, mas se você cresce ouvindo que é o escolhido, ser podado não deve ser fácil e a busca por mais está sempre ali.

    As missões tanto do Obi-Wan quanto a do Anakin são bens legais, a de Kamino faz a história como um todo progredir e a de Tatooine constrói ainda mais a personalidade do Anakin e na situação em que ele estava acho totalmente justificável.

    A batalha em Geonosis é bem legal, mas a luta do Obi-Wan e Anakin contra o Dookan é muito tosca e da tristeza de como os dois foram facilmente vencidos. Sempre defendi que o Yoda restringisse o uso do sabre ao limite e se focasse no uso da Força, assim a luta dele no Episodio III teria um impacto muito maior.

    Tanto nesse filme quanto nos outros da nova trilogia, os únicos personagens que eu não tenho do que reclamar e o Obi-Wan e Palpatine. As características dos personagens e as atuações dos atores não deixa nada a desejar.

    PS: Tenho 22 anos e esse foi o meu primeiro projeto de testamento.

  • Eu adoro o episódio II, apesar de todas as falhas. Bem ou mal, é o filme da nova trilogia que mais ousou. Se tivesse um ator no lugar do Hayden,,,

  • Aliás, uma das coisas q eu mais gosto em relação ao Ep II é q ele introduz a Confederação dos Sistemas Independentes, minha facção galática favorita! Um conceito q eu sempre quis explorar numa mesa de RPG (E nunca consigo! Aliás, alguém tem vaga sobrando pra mesa – via skype ou presencial, no Rio?) é que o “berço” da Rebelião na verdade é a CSI! Afinal de contas, eles lutavam contra a República, que virou o Império… E é bem plausível imaginar que alguns grupos continuaram lutando depois da Ordem 66, utilizando as táticas disponíveis para forças mais fracas (e agora sem a infinidade de dróides a disposição). E é bem provável que o Império – q já deve ter declarado vitória – trataria esses grupos resistentes como “insurgências localizadas”… Ou simplesmente, Rebeldes.
    Eu gostaria de fazer justamente um nobre idealista, membro do extinto parlamento dos separatistas, que não desistiu da luta! E aí?? Alguém tem vaga!?

  • Bruno Brum

    Concordo com tudo que vocês falaram. Admito que gosto do filme por ter feito parte da minha infância, o que me fez defender George Lucas de seus absurdos por bastante tempo… Sim, isso é uma derrota, mas eu era jovem e me faltava conhecento e sabedoria! Mesmo tendo mudado de opinião em relação à Lucas, fico feliz em ouvir opiniões diferentes de “Esse filme é uma merda!”, “É tudo culpa daquele gordo e de seu café!!”. Mas não dá pra falar bem do velho por muito tempo e tem coisas no filme que me perturbam muito e todas estão relacionadas com lutas.

    Jango Fett se mostrou um completo desconhecedor das técnicas de combate ao pensar em pegar o sabre de um Jedi e logo em seguida tentar mata-lo com simples tiros de pistola..

    Como foi dito no podcast, o Yoda podia ser aquele samurai que nunca mostra a espada e ele podia só ameaçar sacar o sabre, dando aquele ar de mistério e poder ao personagem e, com certeza, sua luta devia ter sido guardada pro filme 3, mas eles podiam ter feito uma disputa de ‘força’ melhor entre o Conde e o Mestre da Ordem Jedi, algo com mais ‘show off’ e exageros físicos..

    Nada supera a luta na arena!! Os Jedi podem ser apenas guardiões da paz, mas pra cometer o pecado de pular no MEIO da arena pra lutar contra um exército foi um pouco de mais, tirando o fato de nenhum deles usar a força em nenhum momento. Não seria mais simples fazer tudo aquilo desmoronar??

    Não tem muito mais o que dizer, to curtindo bastante o programa e mal posso esperar pra ouvir o próximo! Que a força esteja com vcs!!
    P.S: Voltei com os podcasts só agora e é a primeira vez que ouço a Metalgeisha fora da Estalagem do Macaco Caolho! Abraço!!

  • Pingback: Execute Holocast 66 | Terceira Terra()