featured_saga70

Holodeck Prime: 50 Anos de Star Trek

saga70_640x480_deck

Comandante Rafael, Embaixador Dbohr, Tenente Luiza, Alferes Fernando, Cadete Bessa e Beto Noonien Chopper se reúnem no deck de observação para refletir sobre os 50 anos de Star Trek, sua jornada e seu impacto para o mundo de sci-fi.

[0:00:00] Apresentação
[0:03:59] Papo de Promenade (Setembro Sci-fi, Holodeck Prime e leitura de comentários)
[0:12:10] Primeiros Contatos e introdução as séries e filmes
[0:50:09] Os temas de Jornada nas Estrelas
[1:00:15] JJ Trek (A Linha do tempo Kelvin)
[1:26:50] Uma nova esperança

Recomendações:
Setembro Sci-Fi no Planetário
Holodeck Prime #1 (Holocast de 1º de Abril)
Uma estrela guia numa época de desigualdades (o depoimento de Nichelle Nichols)
Mass Effect Andromeda: N7 Day Explorers Trailer
Trailer de Star Trek: Discovery
Promessa do Netflix das séries de Star Trek
Novo rpg de Star Trek
Jogos de Star Trek no GOG
Ganhe um audiolivro de graça e 30 dias para testar o Audible
Acesse o Jedicenter
Acesse o Universo Star Wars

Fale conosco!
Acesse o Holoblog
Acesse a Terceira Terra
Acesse o Holotumbler
holocast@terceiraterra.com
@holocastsw
Facebook do Holocast
YouTube do Holocast

Dúvidas de Star Wars:
http://ask.fm/holocast

Nossa trilha sonora é cortesia de Marcos Kleine.

Dê uma olhada nestes ótimos produtos disponíveis na Amazon brasileira!

  • Cap. Vincent Gomez

    Data estelar 2016.259.
    Diário de bordo do Capitão Vincent Gomez, da Nave Estelar USS Home.

    Algo estranho aconteceu no dia de ontem, 2016.258. Ao conferir os registros de dados do website Holoblog, percebi que tinha um programa de áudio muito peculiar, remetendo aos antigos moldes do programa Holocast, porém tratando-se de uma realidade alternativa na qual este programa chamaria-se Holodeck. O fato tornou-se mais curioso por volta de 1200, quando um segundo programa foi posto no ar, A esta altura do dia, já tinha ouvido o primeiro capítulo, com duração de aproximadamente 40 minutos. Perguntei-me “O que será isto? Uma pegadinha?”. Tudo ficou claro ao iniciar o programa no qual os tripulantes da Holodeck Prime revelam que o episódio anterior tratava-se de um programa resgatado desta linha do tempo alternativa.

    Ao terminar de ouvir o programa, lembrei-me de como tive meus primeiros contatos com esta série de ficção científica que trataram no episódio. Lembro-me de quando pequeno ver junto com meu pai alguns episódios da série “Star Trek: Nova Geração”, quando passava na televisão aberta, não lembro em que canal. Recordo-me de gostar bastante da série, quando via, e também dos filmes com os Borgs, apesar de não ter gostado muito, achava legal. Como não acompanhei as séries depois desta, fiquei muitos anos sem ver nada, até que em 2009 foi lançado nos cinemas da Terra o filme “Star Trek”, na qual a série é “rebootada” sem sofrer um verdadeiro reboot, que apreciei bastante, já que a linguagem foi atualizada e tem mais ação, o que para mim era o pecado dos filmes anteriores. Por incrível que pareça, ver este filme de 2009 e sua sequência, em 2013, me fez reaproximar da série clássica, e voltar a vê-la.

    Estou ansioso para que estas séries voltem ao catálogo do Netflix, para que possa assistir com meu pai. E também pela nova série, que espero que seja, no mínimo, semelhante aos filmes.

    ———————————Fim do Registro

    Data estelar 2016.259.
    Diário de bordo do Capitão Vincent Gomez, da Nave Estelar USS Home.

    Nota extra: Por conta de experiências posteriores, acredito que os ~verdadeiros fãs~ de Star Trek podem ser mais nocivos que os de Star Wars.
    Lembrete: Criar força tarefa de debate e observação para a nota acima.

    ———————————Fim do Registro

    • melhor comentário <3 HAHAHAHA

  • Eric Chiavo

    Luiza cantarolando o tema classico do Star Trek foi impagavel hahahahaahah. Eu fiquei ate empolgado em dar uma olhada no Deep Space Nine, conheco Star Trek soh pelos filmes e eu curto bastante tanto os novos quanto os velhos menos o Nemesis e a Fronteira FInal que sao muito fracos.

    E voto fortemente por um Holocast de dois dos melhores Tokusatsus de todos os tempos Spectremen e Jaspion!

    • Vamos ver se o Netflix ajuda. Pelo visto vai ter que rolar mesmo 🙂

  • Rico Roquette

    Iae pessoal, blz?

    Achei muito bom o episódio, nunca fui um grande fã de Star Trek, na verdade os únicos filmes que eu lembro de ter visto foram os novos. Devo ter esbarrado em algum episódio das séries pela a tv a cabo só que nunca prestei muita atenção.

    O melhor do episódio foi a Luiza cantarolando o tema da serie, bom de mais XD.

    To devendo mandar um email para vocês sobre a minha maratona do Holocast, só sempre esqueço.

    Grande abraço e até a próxima semana.

  • Eu tb quero um episódio sobre Jaspion. E digo mais, tem que me chamar

  • Alduim

    Vcs poderias ter usado o Fonteiras pra jogar uma seção Star Trek

  • Pedro Obliziner

    opa, só fui ouvir o programa agora, mas gostei bastante. Conheço pouca coisa do Stark Trek, mas confesso que não era vidrado nem em Star Wars até pouco tempo atrás (não sou um verdadeiro fã de nenhum dos dois), então acho que isso não é um problema, sempre há tempo para se recuperar e estou bem ansioso para que saia tudo isso prometido no Netflix.

    Outra coisa que estou empolgado é o RPG, como vocês citaram, e tem uma outra informação: na semana passada abriram as inscrições pra participar do play-test e das 4 aventuras que eles vão disponibilizar (cada uma em uma nave diferente), apenas uma é focada em combate. Então acho que esse foco em combate que a ilustração passa pode não conferir com o jogo. Vamos aguardar, eu já me inscrevi.

    • Opa! Interessante isso! Acho que o Dbohr vai gostar de saber 🙂

      • Daniel da Costa Bezerra

        Eu já sabia, mas valeu 🙂