featured_rebels_301

Holocast Rebels: Steps into Shadow

rebels_301_640x480

DM Rafael, Dbohr, Diego Bessa, Twilek Pepe, Metalgeisha e Beto Chopper invadem uma prisão imperial para libertar a discussão do episódio Steps into Shadows que marca o retorno da série Star Wars Rebels!

Recomendações:
Funko Pop de Star Wars Rebels
Ajude a encontrar uma #medulaprodudu
Liga Carioca de X-Wing no dia 1º de outubro
Ganhe um audiolivro de graça e 30 dias para testar o Audible
Acesse o Jedicenter
Acesse o Universo Star Wars

Fale conosco!
Acesse a Terceira Terra
Acesse o Holotumbler
holocast@terceiraterra.com
@holocastsw
Facebook do Holocast
YouTube do Holocast

Dúvidas de Star Wars:
http://ask.fm/holocast

Todos os efeitos sonoros de Star Wars foram feitos a partir do Star Wars Soundboard e com colaboração do Universo Star Wars.

Dê uma olhada nestes ótimos produtos disponíveis na Amazon brasileira!

  • Rodrigo Quaresma

    Nada produtivo, mas eu adorei como eles mudaram a luz no Ezra pro cabelo dele parecer preto quando ele usou o dark side pra controlar o piloto do walker xD

  • Lucas Filipe (Lightkiller)

    Enfim, voltei das Unknown Regions e já vou deixar meu comentário antes que eu tenha que voltar!

    Gostei desse episódio, mas diferente dos inícios das outras temporadas, esse teve um plot mais simples. Sempre gostei do Kanan por ele ser um personagem quebrado e como agora ele está cego, vai ser bem interessante ver seu crescimento. Quando vi o Bendu nos trailer fiquei com o pé atras, mas vendo o episódio minha opinião mudou.

    Gostei dos re-design das roupas, mas ainda acho que o Ezra (Aladin) ficou estranho de cabelo curto. É triste ver que Ezra está passando por uma fase ruim, o problema não está no sith holocrom, mas nessa fase triste e confusa que é a adolescência

    Sempre que Hondo aparece é sinal de qualidade e realmente preciso comprar o action figure. Grand Admiral Thrawn é um personagem muito bom e vai ser interessante acompanhar seus planos. Com a presença de Thrawn e sua fama, acredito que essa será a última temporada.

    Que a Força esteja com vocês!

    PS: Pode ser que eu comente coisas que já foram falas no episódio, mas geralmente comento antes ou quando estou ouvindo o cast.

  • Marcelo Eduardo

    Fala povo! Cumprindo minha promessa de acompanhar Rebels e o Holocast Rebels semanalmente em sua data de exibição/publicação e comentando aqui (pra alegria do Beto). Confesso que comecei a assistir esse episódio um tanto meio receoso visto que o episódio anterior me fez ficar um pouco mais desconfiado das promessas do Filoni em eventos como a Celebration. Aquele chapeludo bobo alegre prometeu um fim digno pra Ahsoka, um duelo emocionante e ganhamos sabrecópteros e arquivamentos de personagem pra usar num momento Ahsoka Ex Machina quando o roteirista não achar uma saída digna em alguma situação maluca que nossos heróis estarão enfrentando. Dentre Filoni, Indiana Jones e Fernando Pereria, ainda fico com nosso Barão como chapeleiro favorito.

    Dito isso, o episódio me surpreendeu positivamente (você não fez mais que a obrigação, Dave) em introduzir o Thrawn, Bendu e as questões do Lado Sombrio de Ezra logo de cara e não deixar para um hiato de mid season ou só para o final da temporada. Lembram quando anunciaram a segunda temporada de Clone Wars, com o logo
    todo sangrento em vermelho e o subtítulo Rise of the Bounty Hunters mas
    que de rise não teve nada e de Bounty Hunter foi meio quilo de Boba Fett
    procurando vingança nos arcos finais?

    Estava chateado com a mesma lenga lenga de um aprendiz Rebelde com um pé no Lado Sombrio porque quer fazer o que acha que é certo e que a série poderia focar mais nos Rebeldes e muito menos na questão da Força e essa repetição de arquétipos e bla bla bla mas pelo que vi eles não vão fazer um big deal sobre isso ante o escopo de toda a trama da guerra nas estrelas, limitando-se apenas à equipe da Ghost, a relação entre os membros e não transformando o Ezra em uma ameaça galáctica que poderá desbalancear ainda mais a Força.

    Bendu chegou para provar que o conflito não se resume apenas entre Sith e Jedi e que a batalha entre o Lado Sombrio e a Luz vai muito além de apenas esses dois praticantes reforçando ainda mais os conflitos da nova trilogia de filmes. Uma pena que verdadeiros fãs são adultos demais para assistir uma série tão infantil como essa e continuam achando que Siths vs Jedis (sic) é o que governa os plots da Saga.

    O colírio dos olhos (vermelhos) Thrawn foi introduzido muito bem e demonstrou que continuará sendo o ótimo estrategista amigo do roteirista/escritor que ele sempre foi. Portanto está belamente caracterizado, animado e interpretado pelo Lars Mikkelsen. Que ele e seu irmão sejam grandes contribuições ao novo Universo Expandido (chupa órfãos!)

    Pra finalizar, dei soquinhos do Pelé quando vi as Y-Wings e a menção do General Dodonna, fico muito feliz quando a série trata de questões da Aliança Rebelde e sua formação e menos em sabres de luz (que aliás, notei agora que muitos de seus efeitos sonoros são um pouco mais “crus”, mais fortes, se parecendo muito com aqueles ouvidos em KOTOR e menos com os filmes).

    No mais é isso, começamos muito bem e vamos ver se o chapéu não cai dessa vez. Grande abraço a todos!

    PS: Só eu gosto da atuação da Cate Blanchett em Indiana Jones 4?

    • Eu por exemplo, só gosto Indie 4. E de quebra, como 90% do que ela faz, adoro a vilã da Blanchett. =)

  • Caique

    Só tenho um comentário pra fazer, desde o começo da primeira temporada os nossos queridos Stormtroopers são explodidos sem dó. #SNIF

    • Eles recebiam explosões, mas geralmente não letais.

      • Caique

        Só veja o vídeo.

  • Vicente, Holograma Azul

    [Holograma pisca e minha imagem aparece para vocês]
    Saudações galerinha do Holocast!

    Enfim, voltou! E voltou com tudo!

    E começamos com o garotão Bad Boy, Lightsaber na Caveira, Ezra, que cresceu, perdeu o cabelo, passa o sabre em quem está no seu caminho “colocando em risco seus amigos”, e recebeu 6 meses de treinamento intensivo com o Holocron Sith (que Pablito disse que não é a Darth Traya https://twitter.com/pablohidalgo/status/781179371285520384 ). Podemos perceber que a posição de comando do rapaz meio que subiu a cabeça em alguns momentos, e isso ele terá de aprender ao longo da temporada.
    Achei muito legal como eles mostraram o episódio todo que o meninão está dividido entre a luz e a sombra. Mas acredito que ele vai acabar fazendo muito mal pensando que está fazendo o bem.

    Achei bem bacana com a história pareceu andar bem mais entre a season 2 e a 3 do que o hiato anterior (apesar de isto provavelmente ter acontecido).

    A melhor parte do episódio foi a parte do Kanan com o “Tourão” (como minha namorada chamou o Bendu pelos 10min que ela viu, SO CLOSE). Adorei o diálogo entre eles, que agora vai ter que começar a usar mais o sense, já que agora é tão necessário. Eu espero uma boa evolução do Kanan usando sense no máximo, em especial para identificar a intenção de outros personagens.

    Outra coisa, eu acho que Bendu não é o nome do Tourão, nem da especie dele, mas sim do conceito do equilíbrio da força, o “lado Grey” ou o Pai de Mortis. Pra mim está mais que óbvio que Bendu não é uma ordem como os Jedi ou Sith (mas tal qual estes últimos, pode ser que um dia tenha uma ordem com o nome deles, ou não).

    Queria ter visto mais da Hera e do Chopper em ação, assim como uma participação melhor da Sabine e do Zeb… mas isso veremos mais adiante.

    Enfim, esperamos o próximo episódio! 😀

    Abraços meus amigos, e que a força esteja com vocês!

    PS: Desculpa Diego, por acabar com sua esperança na Darth Traya 🙁

    [Holograma pisca e desliga]

    • Caique

      O único receio que eu tive ao ver ao episódio era o de alguém começar a escalar o tourão pra matá-lo a fim de salvar alguma princesa genérica.

      • Vicente, Holograma Azul

        Shadow of the Bendu

        • Caique

          Dá um bom nome de episódio esse aí.

      • Pior que ele é fofinho igual um Colosso! HAHA

    • Seria legal ser a Darth Traya, que por sinal é minha Sith favorita. Mas na verdade, eu nunca tive muita esperança. Se no próprio universo dela, a personagem foi “excluída”, imagina em algo totalmente a parte. Ainda não sei como a Exile foi parar no MMO, fico muito feliz de pelo menos isso ter sobrevivido.

      Sobre o Bendu, aquilo era tudo que eu queria ver em uma parte canônica do Universo de Star Wars. Já falei em holocasts anteriores, que me tornei um verdadeiro adepto do caminho cinza, depois de ver X-men: Primeira Classe. Quando Xavier fala para Magneto que o verdadeiro poder está no equilíbrio entre Raiva e Paz.

      Desde então, em meus jogos de Star Wars, gosto de fazer os personagens Force Wielders (aproveitando que esse vai ser o novo canon pra forcer user) a experimentar ambos os lados e conhecer o poder do equilíbrio entre eles. Eu tenho plena noção que sou um mestre merda por repetir esse tema over and over, mas pelo menos a minha mesa gosta. Deve ser porque eu tenho que lidar com esses extremos todos os dias. hehehe

    • Vicente, Holograma Azul

      PS3: Já vi o próximo episódio!
      QUE FODA! 😀

  • Grifter

    Só tenho uma coisa para falar: Maul não pode morrer

    • Não duvide disso… acho que ele tá caminhando para o final patas de galinha.

  • Raquel Souza

    Olá hololindos holosimpáticos, voltei e pra ficar dessa vez. Gente que episódio foi esse? Ainda estou me recuperando dele, gostei muito mesmo e ainda não acredito que vamos ter um por semana daqui pra frente. O programa excelente de vocês abordou todos os detalhes interessantes desse episódio (o que por sinal vocês fazem com todos os episódios, haja visto que acabei de sair de uma maratona de Holocast Rebels então posso afirmar isso com certeza) só quero trazer aqui um detalhe pequeno e talvez até insignificante, mas que pra mim foi bem divertido quando vi o episódio, vocês notaram que quando os droides desmanteladores surgiram eles foram derrotados pelos únicos veteranos das guerras clônicas presentes na mesa (digo missão)? Nosso querido coroa motherfucker Rex e o sempre épico Chopper?
    Bom era isso um beijão enorme nas bochechas de cada um de vocês e que venha mais Rebels. E Holocast Rebels principalmente.

    • Raquel Souza

      PS: Se for da vontade de vocês posso resolver o assunto da falta de sinopse. Light whip turned on.

      • Então bota esse chicote pra estalar que a gravação é amanhã!

    • Verdade, não havia me ligado no lance do Rex! Alias, será que teremos ele lutando contra droids B1 nessa temporada? Não vou conferir agora mas tenho uma vaga lembrando de alguns aparecendo no trailer da season 3. Isso seria muito divertido 😀

  • Guilherme Pires

    Olá Holocasters!
    Relaxado que sou, acabei por não comentar antes aqui! Quase saindo o segundo episódio já!
    Foi uma dificuldade ver esse episódio, inutilmente aguardar até as 3 da manhã para ver que a Disney XD no Brasil não passou esse episódio no dia de estréia. Erramos feio e rude! De qual holonet maldita vocês acompanham isso??? hehe
    Mas, o belíssimo início de temporada que tivemos compensou isso. Fiquei muito impressionado com o Bendu, gostei demais da figura dele e o que isso vai poder render de histórias e visões sobre a Força e outras tradições [link do outro podcast aqui] !

    • Temos um fornecedor rebelde que trás o intel até que o programa da Disney XD Brasil chegue na grade da NET 🙂

      • Guilherme Pires

        Ah, um complemento ao meu comentário que lembrei agora.
        Depois que o Beto comentou a muito tempo sobre os cartazes que aparecem no fundo das cenas e escritos em Aurebesh geralmente, reparei nesse episódio em questão, bem no início quando o Ezra entra no quarto dele nervoso com o puxão de orelha que a Hera (<3) deu nele, tem um cartaz daquele Podracer do Episódio I, Ben Quadinaros e do Sebulba. Achei muito legal! Link do cartaz: https://goo.gl/UGxNex

        • Esse é bem interessante, mas eu tava tentando encontrar uma versão melhor do outro cartaz que está na mesa dele. Numa olhada rápida me pareceu uma representação daquela ilustração clássica do Luke camiseta preta com a Leia.

        • Camila Werling

          Nossa saga pra tentar assistir o episódio no dia da estreia foi catastrófica (chega a ser hilária)! Tirando o fato de termos ficado “emputecidos” com a Disney XD (por frustar todas nossas expectativas dando um bônus de tempo extra pra nossa ansiedade de ver logo a 3ª temporada) o episódio foi sensacional, um misto de sentimentos! O rumo que a temporada está tomando aponta pra uma sequência fantástica de episódios de tirar o fôlego! ps: depois de ver o momento “torta de climão” Kanera, ver ambos juntinhos lindos e maravilhosos na Ghost foi “óuuun” <3 (tão lindo quanto o "quase beijo" dos dois no primeiro ep de rebels que a netflix disponibilizou pra gente rever!!!)

          • Alias, uma pena que só a primeira temporada está na Netflix. Pelo anúncio parecia que as duas temporadas já estariam disponíveis.

          • Camila Werling

            sim, comentávamos sobre isso essa semana aqui. Nos aparelhos do Guilherme aparecia como temporada 1 e 2, e nos meus só a primeira.

          • Será que ele não tem um VPN?