Cargo Hold: Stranger Ships

Bem-vindo ao Holocast Cargo Hold, onde os holocasters conversam sobre pautas livres antes ou depois das gravações regulares!

Acompanhe DM Rafael, Twilek Pepe, Metalgeisha e Beto Chopper discutindo sobre os anos oitenta, ships e também Stranger Things!

Recomendações:
Padrim da Terceira Terra
Ganhe um audiolivro de graça e 30 dias para testar o Audible
Acesse o Jedicenter

Fale conosco!
Acesse o Holoblog
Acesse a Terceira Terra
Acesse o Holotumbler
holocast@terceiraterra.com
@holocastsw
Facebook do Holocast
YouTube do Holocast

Dê uma olhada nestes ótimos produtos disponíveis na Amazon brasileira!

  • Olaaa pessoal
    Muito bom o EP. Em tudo. Na forma espontânea (a.k.a. moda caralha) quanto nos comentários.

    Uma caneladinha de leve, não foi a estreia da Millie Bob Brown, ela participou de umas coisas antes, inclusive parece q foi elogiada pelo próprio Stephen King em um tweet .

    Eu acredito que eles não tem muito uma direção pra história, tanto que não sobrou muita ponta solta nessa segunda temporada, diferente do que aconteceu na primeira com o Will vomitando lesma.
    Apesar de ter gostado da série inteira acho q a segunda temporada tem uns deslizes meio bestas. Por ex. A matilha de demodogs ficou muito exagerada. 1 demogorgon já era probelam suficiente. Max é uma ótima personagem, mas não serve pra nada a temporada inteira, só tendo função em 1 cena. Tenho certeza q tudo o que aconteceu dos muleques cm ela é o Billy (tirando o triângulo amoroso q nem rolou) poderia acontecer de outra maneira.
    E o final cm a eleven fechando portal ficou muito absurdo. Tipo, deu pra ver q eles quiseram torrar o orçamento que sobrou.

    Mas a série é demais. Torcendo pra elaborarem umal spin off nos anos 90 com Molejo na trilha sonora e gente vestida de grunge.

    Abs

    • First

      E barreira anti-pau no cu do First
      ————————————-////////////———————-

  • Henrique Tavares

    Obrigado por atenderem ao pedido daquele um ouvinte 😛

    Muito divertido esse episódio free-style, ficou bem legal ouvir as peripécias de infância de vocês hahah

    Eu concordo com vocês que o episódio 7 pegou mal muito por causa do momento que ele aconteceu. Inclusive, eu achei que isso era o que iam fazer na hora de contar o que aconteceu com a Eleven no início da temporada, mas foi diluído e resumido. Achei uma solução bem mais elegante.

    De qualquer forma, tenho medo da série começar a focar nesse pessoal com poderes e ser aí o início de perderem a mão. Naquele aftershow já ficaram falando de “maior e mais épico” o tempo todo, acho bem perigoso isso.

    Ah, só pra falar, o Steve fez uma coisa muito mais creepy (e com consequências um tantinho mais sérias que todo mundo perdoou fácil demais) do que o Jonathan na primeira temporada.

    • Cada ouvinte é importante 😀

      Mas qual foi a coisa creepy do Steve? Foi nessa ou na primeira temporada?

      • Henrique Tavares

        Então, na primeira temporada um deles entra numa propriedade particular, sobe no telhado e espia janela adentro do quarto da pessoa sem ela saber ou consentir (como tinha acontecido antes). E a partir daí começa o combo de ciumento escroto possessivo: vê um cara no quarto com a menina, conclui como quer e disso desencadeia uma difamação dela pela cidade. Acho que no fim o pessoal perdoa porque é um cara mega charmoso e o ator muito carismático, aí parece muito menos invasivo (e danoso) do que foi, enquanto o Jonathan vai morrer sendo julgado pela fotografia :p

        Pra mim na segunda temporada foi que eu senti realmente virarem o estereótipo dele do avesso. Nem tanto ele levar um pé na bunda, mas justamente quando a presença dele deixou de ser pela Nancy (incrusive o Dustin encontra ele com um buquê perto da casa da Nancy, o rapaz ainda ia insistir). Tava achando ele um tanto mais interessante nessa temporada, mas foi a partir daí que ele brilhou mesmo.